quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Como crescer de forma rápida e racional

Há mais de 6 meses eu venho, diariamente, estudando o comportamento de postura de algumas rainhas de Jandaíra, no total são 5 colônias que todos os dias venho acompanhando a taxa de postura através de contagem do número de células ovopositadas.

Antes de explicar melhor como tudo funciona segundo minha pequena ótica, informo que não tenho a pretensão de encerrar o tema, nem muito menos convencer alguém que minha "teoria/prática" seja a melhor, pelo contrário, contudo confesso que até o presente momento a mesma me vem sendo mu
ito satisfatória, principalmente pelos resultados que já obtive até aqui.

Através desse estudo maluco (e sem orientação acadêmica) eu descobri que a média da taxa diária de postura de uma boa rainha de Jandaíra varia entre 28 a 32 ovos dia. (a baixo de 25 a rainha deve ser descartada pois n
ão crescerá de forma satisfatória aos meus objetivos).

(observações de estudo noturno do comportamento nas colônias de Jandaíra)

Essa taxa diária só se estabiliza a partir do segundo mês de vida da rainha jovem, antes disso essa taxa diária varia muito pois depende da quantidade obreira que estão participando do ritual de postura, e nas colônias novas esse número é reduzido.

Dessa maneira, considerando a taxa de postura e a taxa de mortalidade diária das abelhas, em geral não ultrapassa 7 abelhas por dia, podemos concluir, de forma bem simples, que a média de crescimento gira em torno de 25 abelhas.

Nesse rítmo de crescimento, considerando ainda que nas colónias recém iniciadas foi observado que inicialmente existe uma redução do número de abelhas obreiras (num intervalo médio de 25 dias) devido a diferença entre a mortalidade das abelhas inseridas nas colônias filhas e das existentes no início da postura da rainha, cheguei a conclusão que para que uma colónia de Jandaíra seja precosemente dividida, sem prejuízos significativos ao seu desenvolvimento, seria necessário o tempo mínimo de 8 meses para o fortalecimento e estabilização da mesma e sua conseguente desdobra.

Essas mesmas colônias que só foram desdobradas após 8 meses, podem, novamente serem divididas após 4 meses sem prejuízo. Esse intervalo menor é explicado por que na colônia mãe estável rapidamente as elites de obreiras são reorganizadas (subida de casta), isso demora em média de 2 a 3 dias. Voltando, dessa maneira, a manutenção da taxa de postura acima informada.

Dessa forma, após esses meus estudos iniciais, "conclui" e montei um tabela que já venho seguindo com muito sucesso para os desdobramentos que venho realizando nos meliponários.

Essa tabela mostra como se é possível chegar ao número máximo de 58 colônias, apartir de 10 matrizes, em apenas 18 meses.

Algumas observações devem, obrigatoriamente, serem seguidas, pois é um conjunto de práticas de facilita a multiplicação. Tenho certeza que a mesma será muito útil aos novos meliponicultores (ou velhos) que pretendem aumentar o número de colónias em seu meliponário sem a necessidade de recorrer aos meleiros, ou mesmo servirá na comparação com outras espécies de meliponas. (para melhor vê é so clicar sobre ela)



att,

Kalhil Pereira França
Meliponário do Sertão
Mossoró-RN

2 comentários:

  1. Olá Kalhil, muito interessante esse post, pois até onde me lembre, nunca havia lido algo a respeito, e procuramos deixar que uma colônia "amadureça" bem até ocorrer a "divisão", e geralmente o tempo que deixamos é de um ano, mas sabendo desta facilidade de recuperação que vc mencionou após a divisão, isso facilita a multiplicação.
    P.S. Vc também comercializa discos de cria maduros? Abraços. Fco. Mello

    ResponderExcluir
  2. Obrigado amigo, na verdade, como disse no próprio tópico, não sou o dono da verdade e a presente pesquisa tem por base apenas observações de um curioso.
    Mas, de certo, vem me trazendo excelentes resultados, pois após a descoberta desse tempo ideal, passei a ter resultados melhores e as colónias dividas continuaram com a mesma taxa de crescimento.

    Tenho discos para vender, entre em contato comigo por e-mail que acerto contigo detalhe de valor e remessa. (kalhil_p@yahoo.com.br)

    att,

    Kalhil
    Meliponário do Sertão

    ResponderExcluir

Comentário aqui: