segunda-feira, 9 de maio de 2011

As Tão Sonhadas Mandacaias (melipona mandacaia)

Você rodaria 1.200 km, atravessaria 5 estados do país, enfrentaria as piores BRs do Brasil em busca de algumas colônias de abelhas sem ferrão??? Muita gente diria que não, mas alguns "loucos" apaixonados como eu e alguns outros, certamente diriam que sim.

Pois foi exatamente isso que meu amigo Márcio Pires, do meliponarioreidamandacaia fez para iniciar o seu mais novo caso de amor com as Abelhas Jandaíras. Só mesmo quem gosta muuuuito das abelhas nativas faria isso.

Nesse fim de semana tive o prazer de receber o Márcio e família no Meliponário do Sertão em Tibau-RN, tinhamos acertado uma troca de colônias de Jandaíra por colônias de Mandacaia. Ele me trouxe 20 caixas de mandacaia (melipona mandacaia) e eu lhe forneci 25 enxames de Jandaíra, a diferença foi uma forma de compensá-los pelos gastos com deslocamento, todos eles instalados em caixas tipo Nordestina. 

Há tempos que eu esperava pela oportunidade de criar essa espécie, mesmo típica da caatinga a mandacaia não é localizada no Rio Grande do Norte, só sendo encontrada em abundância na Bahia, sua região nativa. Mesmo assim não há motivos para preocupação pois o clima e a flora visitada é praticamente a mesma.


Ontem mesmo passei dia observando-as trabalhar de maneira intensa, do mesmo modo que as Jandaíras, são freguentadoras assíduas das flores da malva. Na foto acima podemos apreciá-las numa linda flor do maracujá.

Essa é uma espécie muito bonita que tem grande destaque pela cor dos seus anéis amarelo-vivo, posso dizer que eu e Alfredo (o dono das abelhas) estamos mais felizes que pinto no lixo. O difícil mesmo foi convencer o menino aí a deixar o Márcio levar as suas Jandaíras.


Após instalarmos as Mandacaias escolhemos com carinho as melhores matrizes de Jandaíra disponíveis, tenho certeza que Rei da Mandacaia saiu daqui muito satisfeito com suas novas aquisições. O difícil foi alojar 25 caixas de Jandaíra tipo Nordestina dentro do porta-malas do carro, principalmente por que as matrizes que foram trocadas estava em caixas muito grandes e pesadas, mas com um jeitinho deu tudo certo.


No fim do ano estarei indo a Bahia retribuir a visita e participar da Semana de Meliponicultura em Cruz das Almas-BA, certamente irei levar mais algumas 50 Jandaíras para trocar por mandacaias do Márcio e aumentar ainda mais o meu plantel dessa espécie que encanta qualquer apaixonado pelas abelhas sem ferrão.



Mossoró-RN, em 09 de maio de 2011.

Kalhil Pereira França
Meliponário do Sertão

2 comentários:

  1. Olá Kalhil. Realmente é para ficar contente, porque a mandaçaia, juntamente com a Uruçu nordestina são as mais belas meliponas, e ao que me consta, em termos de produtividade (mel), também se destacam.
    Agora, Kalhil, a espécie de mandaçaia que você começou a criar parece ser uma das espécies que se desenvolvem nas regiões mais quentes do país, pois parece existir uma outra espécie mais restrita ao sudeste e sul. Um abraço. Fco. Mello

    ResponderExcluir
  2. Márcio,Umarizal-RN18 de maio de 2011 17:25

    Olá Kalhil.......,mais um vez parabéns pelo seu trabalho de preservação das nossas abelhas.Parabéns também ao Márcio pires pela longa jornada de 1.200 Km em prol da preservação.Somente teremos um avanço no desenvolvimento deste país quando mais pessoas como vocês tiverem apoio dos órgãos governamentais,e estes investirem na preservação e conservação dos ecossistemas buscando um crescimento economico sustentável.

    ResponderExcluir

Comentário aqui: